quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Ao todo, quadrilha é condenada a 28 anos de prisão

Na quinta-feira (20), aconteceu o julgamento da quadrilha presa com 1,4 kg de Crack, em julho. A quadrilha, comandada por Douglas Fagundes dos Santos foi condenada por tráfico e associação para o tráfico, segundo os artigos 33 e 35 da Lei de Tóxicos. Douglas foi condenado a 10 anos de prisão. Já Jackson Ramon a 9 anos e Ruth Santos Silveira foi condenada à 8 anos. Antonio Domingos da Silva foi condenado, mas teve a pena reduzida para 1 ano e 8 meses. Ao todo, a pena da quadrilha ultrapassa 28 anos de cadeia. A mãe de Douglas, Maria Janete Fagundes dos Santos foi absolvida, a pedido do Ministério Público, que considerou que as provas produzidas durante a audiência de instrução não eram suficientes para sua condenação.